domingo, 10 de dezembro de 2017

Doce de Abóbora com Coco


Geralmente nós só lembramos de doces caseiros quando estamos de férias em algum lugar do interior ou fazendo refeições em restaurantes mineiros.
A simplicidade, a textura e o sabor preservado dos ingredientes sempre me trazem boas lembranças da infância.
Aproveitem para fazer uma quantidade maior e armazenar.

Rendimento: 2 vidros médios

Ingredientes:

2 kg de abóbora pescoço cortada em cubos;
800 g de açúcar refinado;
6 cravos;
2 pedaços de canela em pau;
1 xícara de chá de coco ralado fresco;
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco ou maçã.

Modo de fazer:

Coloque todos os ingredientes exceto o coco ralado em uma panela funda.
Leve ao fogo médio alto e deixe o açúcar e a abóbora se misturarem, mexendo algumas vezes para não grudar no fundo da panela.
Quando a abóbora estiver macia, começando a desmanchar, acrescente o coco ralado e misture bem.
Apague o fogo e tampe. Deixe 10 minutos.
Coloque em vidros esterilizados, tampe e vire de cabeça para baixo. Deixe assim até esfriar.
O doce fica conservado sem abrir por aproximadamente 90 dias e, após aberto por até 15 dias na geladeira.

Sirva com queijo branco, requeijão cremoso ou puro.

Bom Apetite !!

domingo, 19 de novembro de 2017

Talharim Triplo Funghi


Macarrão é uma das comidas mais versáteis que existe.
É um coringa para se fazer em  reuniões de última hora com os amigos e família.
As massas em geral vão bem com diversos tipos de molho e, nesta receita eu utilizei 3 tipos de cogumelos secos, shimeji, shitake e funghi secchi.

Rendimento 4-5 pessoas.

Ingredientes:

500g de Talharim;

30g de funghi secchi;
50g de shitake seco;
50g de shimeji seco;
2 colheres de sopa de manteiga sem sal;
Azeite extra virgem;
1/2 cebola picada;
2 dentes de alho picado;
50 ml de vinho branco seco;
Queijo parmesão ralado na hora à gosto;
400 ml de creme de leite fresco;
Salsa picada;
Sal e pimenta do reino moída na hora.

Modo de fazer:

Leve a massa para cozinhar em bastante água fervente.
Quando estiver al dente, escorra, passe rapidamente na água fria e adicione 2 colheres de sopa de azeite mexendo para untar bem a massa. Reserve.
Esta é uma maneira utilizada em restaurantes para guardar massa previamente cozida.
Coloque o funghi secchi separado dos demais para hidratar em água fervente. A medida ideal é água cobrindo os funghis. Tampe e deixe por 20 a 30 minutos.
Escorra reservando os líquidos separadamente e pique grosseiramente.
Utilizando uma frigideira grande, leve ao fogo alto com 1 colher de sopa de manteiga e 1 de azeite extra virgem.
Quando estiver começando a espumar, junte a cebola e o alho. Deixe refogar por 2 minutos.
Adicione o funghi secchi e deixe por mais 3 minutos.
Junte os demais funghis, salteie e adicione o vinho branco. Tempere com sal e pimenta à gosto.
Quando o vinho estiver reduzido,adicione 1 concha de cada caldo coado em um pano de prato limpo.
Verifique o ponto dos funghis e o sabor. Se desejar um sabor mais intenso acrescente mais caldo de funghi secchi, caso contrário adicione o caldo do shimeji e shitake.
Para finalizar, se desejar não utilizar o creme de leite, adicione a outra colher de manteiga.
Caso queira um molho mais cremoso, ao invés da manteiga adicione o creme de leite e deixe reduzir pela metade.
Junte a massa ao molho, adicione a salsa picada juntamente com o queijo parmesão ralado.

Bom Apetite !

domingo, 5 de novembro de 2017

Calda de Caramelo Salgado






















A Calda de Caramelo é uma receita muito antiga da confeitaria e praticamente todas as cozinheiras as utilizam de alguma forma em seus doces.
Ela é produzida à partir do aquecimento do açúcar e dependendo da temperatura que atinge o caramelo fica mais intenso.
Para quem usa termômetro, entre 165º e 190º C o açúcar começa a caramelizar. Acima desta temperatura ele começa a queimar e amargar.

Ingredientes:

300g de açúcar refinado;
90g de manteiga gelada;
120ml de creme de leite;
160ml de água;
Sal à gosto

Modo de fazer:

Coloque o açúcar e 100ml de água em uma panela funda.
Mexa para misturar bem o açúcar e leve ao fogo médio alto sem mexer.
Deixe a panela no fogo até que comece a formar uma calda amarronzada, não muito escura para não amargar.
Acrescente o restante da água e a seguir o creme de leite, mexendo vigorosamente com um foie. Cuidado pois nesta hora ele faz borbulhas grandes.
A seguir coloque a manteiga em pedaços pequenos e adicione o sal à gosto, mexendo para incorporar bem. 
A manteiga irá deixar o caramelo com uma textura aveludada.

Sirva com sorvete, em cima de bolos e tortas doces.

Bom Apetite!!

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Penne com Frutos do Mar


Após um longo período sem postar nenhuma receita, neste final de semana que passou, eu me inspirei a publicar esta receita.

Tudo começou com a minha ida ao Ocean Six para comprar peixe e lá eu encontrei o Chef Alan Vila Espejo fazendo um molho de tomate e frutos do mar para servir com um macarrão. 

O perfume de cada ingrediente que ia sendo acrescentado me inspiraram a chegar em casa e procurar repetir aquela receita através do meu paladar.

O resultado é este prato da foto que eu vou compartilhar a receita  com vocês.

Rendimento 4 pessoas

Ingredientes:

500 g de macarrão tipo penne;
400 g de camarão cinza sem casca e limpo;
500 g de vôngole na casca;
300 g de mexilhão cozido sem casca;
1 cebola pequena picada;
2 dentes de alho picado;
3 colheres de sopa de azeite de oliva;
2 latas de tomate italiano picado;
Orégano à gosto;
Salsa picada à gosto;
Sal e pimenta  do reino à gosto;
150ml de vinho branco seco.

Modo de fazer:

Cozinhe o penne em 5 litros de água fervendo com sal, até ficar ao dente.
Escorra, passe em água fria e depois acrescente um pouco de azeite. Reserve.
Esquente 2 colheres de azeite de oliva em uma frigideira larga, junte o alho e logo em seguida a cebola picada. Deixe murchar.
Coloque os tomates, mexa e deixe cozinhar por cinco minutos. Tempere com sal, pimenta e orégano.
Junte os vôngoles, o vinho branco e deixe ferver com a panela tampada até os vôngoles começarem a abrir.
Tire a tampa e junte os camarões.
Após 3 minutos, junte os mexilhões cozidos deixando cozinhar por mais 3 minutos. Coloque a colher de azeite restante.
Corrija o sal e pimenta.
Junte o penne já cozido e sirva em prato fundo.

domingo, 1 de janeiro de 2017

Devil's Cake



Para os amantes de chocolate, nada melhor que o bolo conhecido como Devil's Cake. A dica para acertá-lo é obter um resultado de massa como a de um bolo de cenoura fofinho: molhadinha, aerada e muito bem recheada de chocolate.

Confira abaixo a receita.
Rendimento: 10 pessoas

                Ingredientes:
-     8 ovos
-     300 ml de leite
-     2 ¼ xícaras de açúcar mascavo
-     355ml de óleo de canola
-     1/2 xícara de cacau em pó
-     4 colheres de chá de extrato de baunilha
-     2 ¾ xícaras de farinha de trigo
-     1 pitada de sal
-     1 colher de chá de bicarbonato de sódio
-     2 colheres de chá de fermento

Modo de fazer o bolo:
Você deverá fazer duas vezes a receita a seguir. Uma para a camada inferior e outra para a camada superior do bolo. Deverão ser usadas duas formas de cerca de 21cm de diâmetro.

-        Pré-aqueça o forno a 180˚.
-        Unte ambas as formas ou utilize papel manteiga para forrá-las.
-        Misture os ovos, óleo de canola, leite e extrato de baunilha.
-        Adicione açúcar mascavo à mistura.
-        Peneire a farinha de trigo, o cacau em pó, o sal, o bicarbonato e o fermento e adicione-os à mistura dos ingredientes líquidos. Mexa bem para não empelotar.
-        Divida a massa igualmente entre as duas formas já untadas.
-        Leve para assar até que a massa esteja no ponto (cerca de 1h ou até que, ao espetar um palito de dente, ele saia seco).
-        Deixe a massa esfriar.

Modo de fazer a cobertura:
Uma das maneiras mais deliciosas de rechear o bolo Devil's Cake é utilizando uma ganache de chocolate, que pode ser usada também para a cobertura.

Você precisará de 150g de chocolate meio amargo, 200g de creme de leite fresco e 1 colher de sopa de manteiga. Com o chocolate derretido, leve a manteiga e o creme de leite ao forno em fogo baixo. Adicione o chocolate aos poucos e mexa até obter uma mistura homogênea. Uma dica para deixar a ganache aerada é bater com uma batedeira.

Como montar o bolo:
Coloque a ganache sob uma das formas de bolo e cubra com a outra parte de massa. Cubra o bolo completamente com a ganache e espere esfriar. Se preferir, leve ao congelador para que a cobertura fique consistente. Isso não interferirá nada na massa, que ficará exatamente como a de um bolo de cenoura fofinho – bem úmida, suave e saborosa.

Bom apetite!



Link para as imagens originais: