sábado, 26 de janeiro de 2019

Ragu de Ossobuco


Espaguete com Ragu de Ossobuco

Muito tradicional nas cozinhas italianas e francesas, o ragu é um molho à base de carnes, cozidas lentamente com vegetais picados e vinho e, servidos com massas ou polenta mole.

Nesta receita, eu utilizei o ossobuco, uma carne muito saborosa, que pode ser picada ou desfiada como um ragu original.

Rendimento: 10 porções

Ingredientes:

1kg de ossobuco;
1 colher de sopa de manteiga;
1 colher de sopa de azeite de oliva;
1 cebola picada;
1 talo de salsão picado;
2 folhas de louro;
2 cenouras picadas;
3 dentes de alho picados,
100g de bacon picado;
1 litro de caldo de carne;
200 ml de vinho tinto seco;
2 latas de tomate italiano amassados;
Sal e pimenta do reino moída à gosto;
1 colher de chá de pimenta calabresa (opcional);
Alecrim, orégano e tomilho à gosto.

Modo de fazer:

Coloque em uma panela de pressão quente, o bacon , a manteiga e o azeite. Deixe doura o bacon.
A seguir, coloque a carne temperada com sal e pimenta do reino. Deixe selar os dois lados. Retire e reserve.
Junte na panela, os demais ingredientes picados e deixe refogar por 3 minutos. 
Retorne a carne para a panela, junte os tomates, as ervas, o vinho e o caldo de carne. Tampe a panela, e quando começar a pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por aproximadamente 40 minutos.
Desligue o fogo, deixe sair a pressão e verifique se a carne esta macia a ponto de descolar do osso. Se estiver, retire os pedaços de carne e os ossos da panela.
Pique a carne grosseiramente, retire o tutano dos ossos e retorne à panela.
Misture e deixe reduzir este molho em fogo baixo por aproximadamente 30-40 minutos. A consistência do molho deve ser encorpada e não líquida.
Utilize este ragu, sobre massas, polenta mole ou com um risoto milanesa.

Buon Apetito !

domingo, 4 de novembro de 2018

Fettuccine com Camarões, Limão Siciliano e Vodka

Fettuccine com Camarões,Limão Siciliano e Vodka

Rendimento 4 a 6 porções

Ingredientes:

500g de fettuccine;
400g de camarões sem casca limpos;
2 tomates sem pele concassé;
1/2 cebola picada;
2 dentes de alho picado;
Suco e raspas de 1 limão siciliano;
Salsa picada;
2 colheres de sopa de azeite extra virgem;
1 dose de vodka;
500ml de creme de leite fresco,
sal e pimenta branca moída na hora à gosto.

Modo de fazer:

Cozinhe a massa em 5 litros água fervente com 2 colheres de sopa de sal. Escorra, passe na água fria para cortar o cozimento e reserve. Para não grudar,junte um fio de azeite e misture.
Leve ao fogo alto uma frigideira grande e funda com as 2 colheres de azeite.
Quando o azeite estiver quente, junte a cebola e quando esta começar a murchar, acrescente o alho.
Deixe dourar um pouco sem queimar e acrescente os camarões.
Os camarões devem ficar 2 minutos de cada lado. Tempere com o sal e a pimenta.
Junte a vodka e flambe. 
Acrescente os tomates e deixe refogar por 2 minutos, 
Coloque o suco de limão, mexa e após 1 minuto coloque o creme de leite. Deixe reduzir apara engrossar um pouco. Dica: acrescentar 1 xícara da água do cozimento do macarrão ajuda a engrossar o molho.
Acrescente a salsinha picada e as raspas do limão.
Coloque a massa no molho, misture bem com 2 garfos e sirva em pratos aquecidos com queijo parmesão à gosto.

Bom Apetite !

domingo, 10 de dezembro de 2017

Doce de Abóbora com Coco


Geralmente nós só lembramos de doces caseiros quando estamos de férias em algum lugar do interior ou fazendo refeições em restaurantes mineiros.
A simplicidade, a textura e o sabor preservado dos ingredientes sempre me trazem boas lembranças da infância.
Aproveitem para fazer uma quantidade maior e armazenar.

Rendimento: 2 vidros médios

Ingredientes:

2 kg de abóbora pescoço cortada em cubos;
800 g de açúcar refinado;
6 cravos;
2 pedaços de canela em pau;
1 xícara de chá de coco ralado fresco;
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco ou maçã.

Modo de fazer:

Coloque todos os ingredientes exceto o coco ralado em uma panela funda.
Leve ao fogo médio alto e deixe o açúcar e a abóbora se misturarem, mexendo algumas vezes para não grudar no fundo da panela.
Quando a abóbora estiver macia, começando a desmanchar, acrescente o coco ralado e misture bem.
Apague o fogo e tampe. Deixe 10 minutos.
Coloque em vidros esterilizados, tampe e vire de cabeça para baixo. Deixe assim até esfriar.
O doce fica conservado sem abrir por aproximadamente 90 dias e, após aberto por até 15 dias na geladeira.

Sirva com queijo branco, requeijão cremoso ou puro.

Bom Apetite !!

domingo, 19 de novembro de 2017

Talharim Triplo Funghi


Macarrão é uma das comidas mais versáteis que existe.
É um coringa para se fazer em  reuniões de última hora com os amigos e família.
As massas em geral vão bem com diversos tipos de molho e, nesta receita eu utilizei 3 tipos de cogumelos secos, shimeji, shitake e funghi secchi.

Rendimento 4-5 pessoas.

Ingredientes:

500g de Talharim;

30g de funghi secchi;
50g de shitake seco;
50g de shimeji seco;
2 colheres de sopa de manteiga sem sal;
Azeite extra virgem;
1/2 cebola picada;
2 dentes de alho picado;
50 ml de vinho branco seco;
Queijo parmesão ralado na hora à gosto;
400 ml de creme de leite fresco;
Salsa picada;
Sal e pimenta do reino moída na hora.

Modo de fazer:

Leve a massa para cozinhar em bastante água fervente.
Quando estiver al dente, escorra, passe rapidamente na água fria e adicione 2 colheres de sopa de azeite mexendo para untar bem a massa. Reserve.
Esta é uma maneira utilizada em restaurantes para guardar massa previamente cozida.
Coloque o funghi secchi separado dos demais para hidratar em água fervente. A medida ideal é água cobrindo os funghis. Tampe e deixe por 20 a 30 minutos.
Escorra reservando os líquidos separadamente e pique grosseiramente.
Utilizando uma frigideira grande, leve ao fogo alto com 1 colher de sopa de manteiga e 1 de azeite extra virgem.
Quando estiver começando a espumar, junte a cebola e o alho. Deixe refogar por 2 minutos.
Adicione o funghi secchi e deixe por mais 3 minutos.
Junte os demais funghis, salteie e adicione o vinho branco. Tempere com sal e pimenta à gosto.
Quando o vinho estiver reduzido,adicione 1 concha de cada caldo coado em um pano de prato limpo.
Verifique o ponto dos funghis e o sabor. Se desejar um sabor mais intenso acrescente mais caldo de funghi secchi, caso contrário adicione o caldo do shimeji e shitake.
Para finalizar, se desejar não utilizar o creme de leite, adicione a outra colher de manteiga.
Caso queira um molho mais cremoso, ao invés da manteiga adicione o creme de leite e deixe reduzir pela metade.
Junte a massa ao molho, adicione a salsa picada juntamente com o queijo parmesão ralado.

Bom Apetite !

domingo, 5 de novembro de 2017

Calda de Caramelo Salgado






















A Calda de Caramelo é uma receita muito antiga da confeitaria e praticamente todas as cozinheiras as utilizam de alguma forma em seus doces.
Ela é produzida à partir do aquecimento do açúcar e dependendo da temperatura que atinge o caramelo fica mais intenso.
Para quem usa termômetro, entre 165º e 190º C o açúcar começa a caramelizar. Acima desta temperatura ele começa a queimar e amargar.

Ingredientes:

300g de açúcar refinado;
90g de manteiga gelada;
120ml de creme de leite;
160ml de água;
Sal à gosto

Modo de fazer:

Coloque o açúcar e 100ml de água em uma panela funda.
Mexa para misturar bem o açúcar e leve ao fogo médio alto sem mexer.
Deixe a panela no fogo até que comece a formar uma calda amarronzada, não muito escura para não amargar.
Acrescente o restante da água e a seguir o creme de leite, mexendo vigorosamente com um foie. Cuidado pois nesta hora ele faz borbulhas grandes.
A seguir coloque a manteiga em pedaços pequenos e adicione o sal à gosto, mexendo para incorporar bem. 
A manteiga irá deixar o caramelo com uma textura aveludada.

Sirva com sorvete, em cima de bolos e tortas doces.

Bom Apetite!!